Ocorreu um erro neste gadget

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Artigo

Saúde é Fundamental

Para um melhor desempenho de um profissional, seja qual for a área que atue, é fundamental cuidar da saúde. Para tanto devemos sempre estar atentos a pequenos cuidados que previnem contra possíveis contratempos.

É o que diz essa matéria da revista Direcional. Ela dá dicas importantes para o professor, especialmente, como manter uma postura correta a fim de garantir suas atividades satisfatoriamente.

Consideramos isso fundamental para o aprendizado em geral, pois o professor que se cuida garantirá a disposição necessária para a rotina que uma sala de aula exige.


ERGONOMIA/PROFESSORES E FUNCIONÁRIOS

A fisioterapeuta Maria Luiza Biton Gutierrez, diretora do Instituto de Fisioterapia Analítica, com especialização em fisioterapia analítica, RPG, (ginástica que age sobre as patologias crônicas da coluna), apresenta algumas dicas a professores e funcionários quanto a melhor postura a ser adotada durante o seu trabalho. “Quando usamos nossas articulações nas atividades profissionais, devemos respeitar suas ‘programações’, as quais chamamos de ‘postura correta’. Sendo assim, muito mais do que uma atitude elegante, a postura correta refere-se à condição ótima de posicionamento do corpo humano, que vai garantir que as atividades das articulações e músculos possam acontecer , sem destruir nossas células. É assim que a gente pode prevenir as artroses, tendinites, hérnias de disco, bursites etc., que nada mais são do que consequência do uso errado do nosso corpo. Na área da educação, constatamos que as posturas prolongadas dos professores em posição de pé, com os braços elevados ao escrever na lousa, extensão prolongada da cabeça para olhar para cima, posição sentada por tempo prolongado com flexão da cabeça (para corrigir provas, por exemplo), são geralmente fatores desencadeantes de dores.”

Cuidados básicos, segundo Maria Luiza Biton Gutierrez:

1 - Procure alternar atividades na posição de pé com atividades na posição sentada. Quando permanecer em pé, procure encaixar o quadril, evitando projetá-lo para trás (evite "arrebitar").

O que evita? Dores lombares, ciáticas, formigamentos e sensação de peso nas pernas.

2 - Ao escrever na lousa procure respeitar os limites da sua altura e do alcance do seu braço. O ideal é não escrever muito acima do nível da cabeça, permanecendo com ligeira flexão dos cotovelos para escrever. Não encolha os ombros, mantenha-os relaxados quando estiver escrevendo no alto.

O que evita? Tendinites e bursites dos ombros, dores na nuca, de cabeça e formigamentos nos braços.

3 - Não estenda muito a cabeça para olhar para cima, na lousa.

O que evita? Dores na nuca e de cabeça e iso streching

4 - Quando permanecer em posição sentada mantenha toda a coluna encostada no espaldar da cadeira. Não avance o tronco para frente e evite cruzar as pernas. Os pés devem sempre estar apoiados no chão, ou com um suporte (quando a pessoa não conseguir alcançar o solo).

O que evita? Dores ciáticas, protusões e hérnias de disco lombares, formigamento e sensação de peso nas pernas.

5 - Não fique muito tempo com a cabeça em flexão para ler ou corrigir provas.

O que evita? Dores de cabeça, protusões e hérnias discais da coluna cervical, artroses.

6 - Utilize um suporte para livros (tipo porta-Bíblia) para manter seu material de leitura o mais próximo possível do nível dos seus olhos, evitando olhar para baixo e rodar a cabeça.

O que evita? Mesmas indicações anteriores.

7 - Os cuidados com o uso dos computadores são os mesmos já descritos (posição sentada corretamente, apoio nos pés, evitar abaixar a cabeça, não avançar o tronco para frente etc.).

8 - Abaixar-se corretamente, dobrando os joelhos, quando for pegar algum objeto no solo.

O que evita? Dores lombares e ciáticas.

9 - Não carregar malas pesadas ou muitos livros de uma só vez.

O que evita? Escolioses, dores lombares, nos ombros e tensão cervical.

10 - Procure sempre estar atento a sua respiração. Relaxe. Inspire e expire na mesma frequência. Não bloqueie o ritmo respiratório durante o trabalho. Isso ajuda a não tensionar os músculos do pescoço e ombros.

Postado por Adriana, Elaine, Elizabeth, Regiane e Roseli

Um comentário:

  1. Dica fundamental para nós esse artigo! Parabéns pela escolha!
    bj

    ResponderExcluir